DESTAQUES

kratos real em novo trailer de god of warJÁ OUVIU O NOSSO PODCAST?jason stathan metendo porradatocha humanahomenagem postumaluta mma epicacanhao caseiroblack ops prison breakjacare caganeiraAPP PIRULITO SEM FIOcome comemini rinogorderiablu ray

quarta-feira, 23 de março de 2011

LEMBRA DISSO?



BRINDES

Ioiôs da Coca-Cola
Juntando algumas tampinhas mais alguns trocados, a gente trocava por um ioiô. Eu tive um da Fanta.

Mini garrafas da Coca-Cola
Mesmo esquema: tampinhas mais trocados, igual a um mini-engradado da Coca. Também tinha mini-garrafas da Fanta e da Sprite. Nunca tive um desses.

Copos da Pepsi dos Trapalhões
Foi nessa época que passei a gostar mais da Pepsi do que da Coca. Era fã dos trapalhões, queria juntar muitas tampinhas (agora da Pepsi) para trocar pelos copos. Tive quase todos, o do Didi era o mais raro.

GULOSEIMAS

Chocolate Surpresa
Era muito fino, não dava pra comer apenas um, delicioso. Porém, o grande barato desse chocolate eram os cromos coloridos colecionáveis. Foram vários temas (animais, viagem espacial, dinossauros, dentre outros). E pra deixar o produto ainda mais atrativo, a Nestlê oferecia um álbum para colar os cromos, bastava enviar algumas embalagens vazias para o endereço escrito na própria embalagem do chocolate. Pelo menos para mim, até hoje, não surgiu chocolate melhor.

Mini chicletes
Mini mesmo, minúsculo. Impossível ficar comendo um por um. Bom mesmo era colocar tudo na boca e transformar tudo num chicletão.

Dipn'Lik
Pirulito de curta duração, muito pequeno. O diferencial era esse pozinho doce (com sabor meio amargo), que a gente melava no pirulito todo babado. Lembro até que na época inventaram uma história que esse "pozinho" causava câncer. Lorota, claro!

Balas Kleps
Vinha nessas tirinhas, que eu chamava "tripinha" na época. Não era vendida em unidades, apenas a "tripinha".

Ploc Monster
Clássico dos clássicos! Todo mundo colecionava as figurinhas do Ploc Monster, seja no próprio álbum de figurinhas, seja no caderno da escola. Era só raspar e voilá. Infelizmente não havia um monstrinho com meu nome. Época de muitos dentes estragados, era muito chiclete. Outro grande clássico dos chicletes foi o Ping Pong Tatuagem, onde a gente colocava a figurinha na pele, molhava (podia ser com saliva mesmo), esperava alguns segundos e estávamos tatuados. Infelizmente não achei nenhuma imagem relacionada a esse chiclete na internet. Ô tempo bom!

VIDEO-GAMES

Atari
Considerado o símbolo cultural dos anos 80. Seus jogos permanecem na memória de muitos que viveram a juventude nesta época. Enduro, Pitfall, River Raid, Keystone Kapers, Pac Man e Asteroids são alguns jogos clássicos do Atari. Quer matar a saudade e jogar um pouco (na verdade muito, porque é viciante) de Atari? Clique AQUI. Destaque para X-Man, jogo proibido para menores, mas que eu sempre dava um jeito de jogar escondido dos meus pais, e Decathlon, que deixava todo mundo com calo na palma da mão (não, esse não era proibido para menores).

Master System
Video-Game de 8 bits lançado pela SEGA. Esse controle era muito ruim de se jogar, porém o console divertia muito. Alex Kid é o símbolo do Master System. Mas também havia outros clássicos, como Black Belt, E-Swat e Double Dragon.

Mega Drive
Console da geração 16 bits também da SEGA. Fez grande sucesso na década de 90 e concorria diretamente com o Super Nintendo. O jogo de maior sucesso foi sem dúvida o Sonic the Hedgehog, mas também havia outros jogos muito bons, como o Super Monaco GP, Castle of Illusion, Mortal Kombat e Moonwalker (excelente). Mas pra mim, o melhor, dos melhores jogos do Mega Drive era o Street of Rage, popularmente chamado de "Briga de rua". E é claro que não poderia esquecer do Golden Axe (sempre jogava com o anão).

Super Nintendo
Popularmente chamado de SNES. Console dos anos 90, e na minha opinião, um dos melhores da história. Desejo de consumo da criançada e adolescentes da época. Não dá pra falar do SNES sem falar do Super Mario World, ou seria o contrário? Haviam muitos, mas muitos jogos bons deste console. Alguns ótimos exemplos são: Super Mario World (óbvio), Megaman, Street Fighter, Mortal Kombat, Top Gear... ah cara, são muitos jogos, não tenho como lembrar de todos os excelentes jogos do Super Nintendo. Inclusive vou até procurar o emulador, bateu uma saudade agora...

BONECOS

Da esquerda para direita: He-Man (Mestres do Universo), Thundercats, Comandos em Ação e Liga da Justiça
Meu desejo de consumo era a coleção dos Thundercats (o Thunder-Tanque era foda), nunca tive nenhum. Acho que cheguei a ter alguns bonecos dos Comandos em Ação, uns dois no máximo. O Castelo de Greiscow do He-man também era muito bacana. Ah, acho que cheguei a ter o boneco do Aquaman também. Enfim, qualquer uma dessas coleções eram muito desejadas pela garotada (tô falando por mim).

Mini soldados
Mini soldados armados com vários tipos de armas, era vendido em pacotes.

Fofão
Sucesso dos anos 80. Reza a lenda que dentro desse boneco, havia uma faca, relacionada a coisas de macumba, magia negra, sei lá... medo!

BRINQUEDOS

Genius
Muito popular na década de 80. Esses botões coloridos se iluminavam e faziam sons numa determinada sequência e cabia a gente repetir o processo sem errar.

Bolinha de gude
Aqui na minha região chamamos de "bila". Sim, isso é um brinquedo. Ainda existe? Nunca mais vi.

Mola Maluca
Esse modelo da foto é de plástico, mas na minha época, eu tinha um de ferro. Não divertia muito, é verdade, mas era uma febre. Colocar essa mola pra descer uma escada era a parte bacana da coisa.

Lango Lango
Monstrinhos no estilo marionete. A gente colocava a mão a por baixo dele (opa!), e o boneco dava soquinhos. O Marco Luque (CQC) de vez em quando canta a música-tema do comercial dos anos 90, lá no programa.

Pogo Bol
Brinquedo responsável por vários tombos e muitos calos nos calcanhares da gurizada. Cansava muito, mas também era muito divertido.

Pirocoptero
Eu poderia colocar o Pirocoptero na categoria "Guloseimas", afinal ele vinha com um pirulito. Mas ele se enquadra melhor na categoria "brinquedos". Toda criança na década de 80 brincou com isso. Existiam diversas cores e o legal era ver quem conseguia fazer o pirocoptero voar mais alto. Relembre o comercial clicando AQUI.

Tamagotchi
Grande sucesso dos anos 90. Consistia em cuidar de um animalzinho virtual como se fosse real, dando-lhe carinho, comida, banho e cuidados, tudo virtualmente, claro. Se não cuidasse bem do bichinho ele morria. Eu não tinha saco pra cuidar dele, quando ele adoecia eu reiniciava o aparelho.

SERIADOS JAPONESES

Da esquerda para direira: Jaspion, Jiraya, Changeman, Flashman e Lion Man
Que Power Rangers o que! Bom mesmo eram os seriados japoneses dos anos 80/90. Difícil mesmo é saber qual era o melhor. Jaspion era ótimo! Sua armadura foi sem dúvida, a mais fodástica de todos os heróis japoneses, sem falar no Daileon, o melhor robô gigante. Ah, e tinha também o Satangôs, o robô/vilão gigante (sua armadura e saia preta eram demais). Satangôs era o pai de Macgaren, inimigo do Jaspion.
Jiraya também era muito bom. Sua armadura, com seu capacete quadrado se diferenciava dos outros heróis japoneses. E o Esquadrão Relâmpago Changeman!?Acho que foi o meu seriado favorito. Os coloridos Change Dragon (vermelho), Change Griffon (preto), Change Pegasus (azul), Change Marmaid (rosa) e Change Fênix (pink) lutam contra os alienígenas de Gôzma. Tinha o Rei Bazzo, líder dos vilões, Buba, um vilão com corpo de mulher e voz de homem e o melhor de todos: Giodaaaay!
Outros heróis coloridos da época eram os Flashman, no mesmo estilo dos Changemam, porém de menor sucesso. Mas o grande diferencial deles eram os robôs! Eles tinham três, o Flash King, o Titan Júnior e o Gran Titan. Agora, clássico mesmo era Lion Man! O protagonista tinha uma "armadura" bizarra de leão e os seus aliados e inimigos também possuiam "armaduras" bizarras de outros animais, como tigre, onça... demais!

Bem pessoal, foi disso tudo que lembrei. Mas é claro que existem muitas outras coisas legais dos anos 80/90 que não citei aqui. Fiquem a vontade para relembrar nos comentários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário